Julho: O que está acontecendo com a humanidade?

 

Acordei com uma sensação estranha, não me lembrava de ter tido nenhum pesadelo, também não tinha muitos problemas com o que me preocupar, então, respirei fundo e disse a mim mesma que não era nada.
Levantei, tomei café, e fui me arrumar. Olhei para o relógio e precisava correr para pegar o ônibus, caso contrário chegaria atrasada no trabalho.
Não bastasse a correria, o ônibus estava super lotado, e quando digo super, não estou brincando!
Uma senhora entrou no ônibus, no assento preferencial estava uma jovem, e escutei ela sussurrando para o rapaz ao seu lado: "até parece que irei levantar para essa Senhora, se ela tem disposição para ir aos forrós, por que não aguentará uns minutinhos em pé?"
Quando cheguei no trabalho me deparei com o gerente gritando com uma funcionária: "Sua inútil, eu não te disse que não era desse jeito? O que você tem nessa sua cabeça? minhoca?". É pelo jeito, as coisas não estavam indo muito bem, apressei-me em ir fazer meus afazeres, antes que sobrasse para mim também.
Ao entrar na sala, me deparei com umas colegas falando sobre "relacionamentos".
" - Amiga, deixa de ser trouxa, você tem que ser fria com ele, tem esse negócio de romantismo não, homem tem que ser pisado mesmo.  
 - Mas, ele gosta tanto de mim.
 - Aí que tu não tem que ser fácil mesmo, senão depois ele que vai pisar em cima de tu. Tem que aproveitar que ele tá na sua mão, não seja a trouxa da história, você não precisa gritar para o mundo que o ama, e nem para ele."
Eu pensei: "meu Deus? O que está acontecendo? As pessoas não podem mais sentir? Não podem mais amar? Agora sinônimo de amar é ser trouxa?"
Preferi não me meter nessa discussão, aliás, ultimamente discussões estão causando até morte! Não se dá para dar opinião, porque as pessoas acham que só as delas estão certas, e todos devem concordar.
E para piorar, minutos depois, quando atendi o cliente, ele foi o maior grosso comigo, disse que tinha todo o direito, que era o cliente, mas será que ele não entendia que eu era apenas uma funcionária, e eu tinha uma limitação?
Não se dá para concordar com tudo o que ele quer, claro que ele era prioridade, que ele é importante no negócio, mas, poxa vida né, as pessoas tem que entender que não dá para ser tudo do jeito delas. Oh, céus, o que está acontecendo?
Quando, enfim, meu horário de trabalho havia acabado fui feliz pegar o ônibus pra ir para meu lar doce lar, meu lugar de paz. Mas, no meio do caminho o trânsito estava caótico, isso porque uma pessoa estava tentando pular da ponte. 
"Coitado, o que será que o tinha levado a isso?" Isso foi o que pensei. As pessoas diziam, "olha lá, que otário, tá querendo se aparecer" "se joga logo", fora as pessoas que filmavam, sério, precisava disso?
Ao chegar em casa liguei a televisão e resolvi assistir ao noticiário
As noticias eram das mais absurdas, uma pessoa matou a outra por um motivo nada a ver, e ainda, que se houvessem motivos, não acho que ninguém tem direito de tirar a vida do outro... 
"O que está acontecendo com a humanidade?"
Desliguei a TV, e voltei a dormir, quem sabe amanhã seja um dia melhor né?

...

Oi, oi meus lindos e lindas, tudo bem com vocês?
Esse pequeno texto, faz parte do Projeto: Escrevendo Sem Medos, o do mês de Julho é: O que está acontecendo com a humanidade? E pensei em fazer uma reflexão critica.
Realmente, a nossa humanidade não vai de vento e polpa, na verdade tá mais para de mal a pior, o que é muito triste. As pessoas estão mais criticas, com menos senso de humor, e com quase nenhum pingo de amor. 
Espero que as coisas melhorem, que as pessoas saibam que vale a pena amar o próximo, que isso não nos torna trouxa, e menos ainda fraco, pelo contrário nos torna forte. Não é fácil amar o próximo, aguentar seus dramas, seus medos, seus defeitos, mas isso é amar, é ter respeito, é saber lidar com o próximo. Temos que agir com as pessoas como gostaríamos de ser tratado, e se porventura dermos o azar de encontrar pessoas que não são nada legais conosco, bora pra frente que tem gente que merece ser bem tratado!
Desejo a você toda felicidade do mundo, e pessoas maravilhosas na sua vida, um super beijo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi, espero que tenha gostado de visitar o blog, não deixe de comentar a sua experiência aqui.
Beijos, e volte mais vezes, será sempre bem vindo (a).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Jayhana De Nardi - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo