O que eu aprendi em 2015...

Olá meus lindos e lindas!
2015 já se foi, mas as lembranças, os aprendizados, as pessoas que conheci não se foram, e se depender de mim não irão tão cedo.
E foi pensando em tudo que passei em 2015 que resolvi postar aqui o que eu aprendi (Além de ter visto esse tema em outro blog e gostado muito. Caso queira conferir é só acessar o blog da Joyce Rodrigues).


O que eu aprendi em 2015...



Há mais ou menos três anos atrás eu tentei conseguir uma bolsa para cursar Jornalismo na Estácio, cheguei a ir à faculdade, mas me avisaram que a vaga já havia sido preenchida.
Sim fiquei triste, afinal era um sonho meu, mas não me desesperei, pelo contrário, eu estava tranquila e o que vou dizer pode até parecer uma cena de filme, mas realmente aconteceu, eu olhei para o prédio da faculdade e disse: 'um dia ainda irei estudar Jornalismo aqui'.
E hoje lá estou eu, cursando Jornalismo, e isso é a coisa mais importante que aprendi em 2015, que tudo tem o seu tempo!
Não importa o quanto nos esforçamos, ou o quanto tentamos, haverá o tempo certo para realizarmos aquilo que queremos, mas o importante é nunca deixar de tentar.




Meu sonho era cursar Jornalismo, mas em parte eu tinha medo disso, tinha medo de não gostar, de não ser o que eu queria.
Eu sou aquele tipo de pessoa extremamente confusa e medrosa, medrosa não do tipo que tem medo de alguns bichos ou de pessoas, mas medrosa do desconhecido, do novo.
Uns tempos antes de sair o resultado da bolsa de estudos eu conversei com Deus e pedi para que fosse feita a vontade d'Ele, e Ele me honrou muito me dando a oportunidade de fazer o curso, mas eu tive medo quando consegui, além do medo de talvez não gostar do curso, medo do novo, do desconhecido, mas Deus esteve e está comigo em todo o tempo, e hoje sou extremamente feliz por aquilo que Ele me deu. Tudo tem o seu tempo, tudo tem o tempo de Deus, e se hoje estou onde eu estou é porque Deus me capacitou.




Como eu disse tive muito medo. Confesso para vocês que eu sou uma pessoa extremamente emocional, e por conta disso muitas vezes me sentia uma fraca, porque eu ficava com medo e chorava por bobeirinhas (até hoje eu sou assim, mas deixa baixo kkkkk pelo menos eu melhorei um pouco).
Eu moro no interior do estado do Espírito Santo, e para fazer a faculdade preciso ir à Vitória (Capital do Espírito Santo), e como não sou de sair muito, imagina o desastre? Eu em uma cidade grande. 
Esse medo me fez pensar em desistir, mas como eu disse Deus me ajudou muito, e eu encarei meu medo de frente, no momento continuo morando no interior e vou para a faculdade quase todos os dias e volto, mas quem sabe em breve não me mudo para Vitória(Afinal alguma coisa me diz que esse é meu destino).
Para alguns isso pode parecer bobeira, mas todos tem seus medos, suas limitações, e devemos respeitar isso, ok?




Para quem viveu praticamente a vida toda (até então) em uma cidade pequena onde todo mundo parece igual, ir para cidade grande e vê que há muitos tipos de pessoas acaba sendo um choque.
Mas se tem uma coisa que aprendi ao conviver e também em uma das minhas matérias na faculdade, é que devemos respeitar cada pessoa independente de sua raça, sexo, etnia, e principalmente de suas escolhas.




Conheci novas pessoas esse ano e isso é muito bom, afinal novos amigos são sempre bem vindos.
E viver bons momentos com essas pessoas é o que torna tudo melhor.
Ter muitos amigos nunca é demais, mas é essencial sabermos quem são nossos amigos de verdade.
Aprendi que nem todos serão nossos amigos e nem todos irão estar ao nosso lado e torcer por nós, mas podemos dar o nosso melhor sempre, mesmo que talvez não recebemos isso de volta. Porque o mais importante na vida não é receber, mas dar, tudo que ganhamos na vida são através de nossas atitudes.
Às vezes as grandes coisas das nossas vidas, são obtidas por pequenos gestos.




Completei um ano em meu primeiro trabalho e me senti muito feliz por isso.
Cheguei sem saber praticamente nada, um pouco assustada, mas fui superando um dia de cada vez. Já aprendi muito, e sei que tenho muito mais que aprender. Aprendi que erraremos muitas vezes, mas isso não quer dizer que somos ruins, e sim que estamos aprendendo, desde que estejamos sempre dispostos a superar.
Aprendi que ás vezes estaremos de bom humor, e ás vezes iremos querer explodir, mas isso faz parte da vida e do nosso dia a dia, devemos respirar fundo e seguir em frente, pois ao mesmo tempo que teremos dias ruins outras pessoas também terão e deveremos respeitar esse momento.
Aprendi também que tudo sai melhor quando fazemos as coisas com carinho.




Sempre gostei muito de escrever, e de expressar aquilo que sinto e gosto, e foi pensando nisso que resolvi criar o blog Jayhana De Nardi, confesso que não é a primeira vez que crio um blog, eu tive um mais ou menos em 2010/2011, mas acabei excluindo, e aqui estou eu novamente.
O blog hoje é meu xodozinho, tento ao máximo cuidar dele, fazendo aquilo que amo. Claro tem muito mais coisas que quero e preciso correr atrás - como publicar um livro, mas acredito que oportunidades surgirão.
A dica que dou a vocês é que lutem pelo que querem, aqui estou eu, fazendo o curso que amo e com um blog que é a minha cara.




Se tem uma coisa que amo nas minhas idas a faculdade é que conheço pessoas novas, e conheço suas histórias, seus gestos.
Eu amo muito isso, e pensando bem o que acham de um post: O que aprendi com pessoas que esbarrei em minha vida, muito legal né?




Quantas vezes na vida já sofremos por gostar tanto de alguém que não podia nos corresponder né?
Isso já aconteceu tanto comigo que eu já até comecei a me acostumar. rsrs'
Mas eu sempre sofria por uma pessoa por mais ou menos um ano e depois esquecia, então começava a gostar de alguém e passava por tudo aquilo de novo, mas a última vez que isso ocorreu eu me apaixonei por uma pessoa, e passou um ano, dois anos, três anos e nada, eu continuava gostando da pessoa, mas sem ser correspondida (é claro).
Resumindo a história, eu gostei muito de um garoto, fiquei super apaixonada (daquele tipo de garota que só falta ajoelhar aos pés e suplicar para ficarem juntos, mas eu nunca quis admitir que eu era assim), cheguei a conhecer quase toda a família dele, sempre que ele me chamava para sair eu saia, só que tinha um problema nós éramos apenas amigos, e formos nesse tempo todo sendo apenas isso.
Ele sabia que eu gostava dele, mas eu nunca soube o que de fato ele sentia, ás vezes parecia que gostava (e não é a minha imaginação que criava coisas, porque pessoas apaixonadas costumam fazer isso, mas era o que ele dizia ás vezes), e outras parecia não gostar, nem sei dizer ao certo, mas acho que nem ele sabia o que queria, eu sabia, claro que sabia, eu gostava dele e queria estar com ele.
Depois de tantas idas e vindas eu fui tomando raiva da cara dele, fui guardando mágoa, já estava cansada de chorar, e pedia a Deus todos os dias para me livrar daqueles sentimentos.
Depois de muito tempo decidi desistir, na verdade já não estávamos mais nos dando bem, eu já não conseguia mais encarar de boa toda a situação.
Aprendi que ninguém é obrigado a gostar de ninguém, não podemos forçar uma pessoa a gostar de nós, até porque isso é ruim, mas se não gostamos de uma pessoa, ou não sabemos ao certo o que sentimos devemos abrir mão dessa pessoa, porque quando queremos realmente ficar com alguém não existem dúvidas, se houver dúvidas é bom que saiba que talvez você não gosta da pessoa, não para ter um relacionamento com essa pessoa, além do mais, quando você faz isso você está prendendo a pessoa a você e impedindo que ela seja feliz com outra pessoa, e se impedindo de ser feliz também.
Assim como se apaixonar é inevitável, sofrer faz parte do processo, mas é importante seguimos em frente.




E por fim, família é e sempre será a base de tudo, claro, depois de Deus, mas a nossa família é quem estará lá quando ninguém mais estiver, que nos suportará quando estiver maravilhosamente bem, ou horrivelmente mal. 



Enfim amores foram essas coisas que aprendi em 2015, e 2016 tenho muito mais o que aprender, espero que tenham aprendido muitas coisas também e se quiserem compartilhar comigo eu adoraria saber. Desejo que esse ano seja marcado por muitos momentos bons.

12 comentários:

  1. Fico muito feliz por você, espero que se forme em jornalismo e seja muito feliz com a profissão do seu sonho. E se não, tudo bem, o melhor pra você é o que você escolheu. Que bom que encarou seus medos e aprendeu sobre novas pessoas, minha cidade é pequena mas é bem variada e eu adoro conhecer pessoas diferentes porque sinto que elas me completam. Eu também adoro os pequenos gestos das pessoas, tem sempre aquela amiga (ou mesmo aquela pessoa que não é próxima mas lhe impressiona com um belo gesto) que nos faz para e pensar que viver é uma coisa bela quando se tem pessoas assim ao seu lado. Eu espero que você aprenda o dobro em 2016 (ou será que isso seria duro demais? haha)!
    Beijos e até mais :*
    http://thesecretshoot.site90.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada flor, espero que eu aprenda em dobro também ó/ haha'
      E desejo o mesmo para você.
      Beijos.

      Excluir
  2. oi, oi.

    como assim tu não se desesperou? palmas pra ti! eu ficaria completamente triste e com uma possível depressão. mas é como tu disse: tudo tem o seu tempo e a gnt tem de aprender a conviver com o tempo de Deus, né?! o tempo dele é diferente do nosso e Ele sabe o que melhor pra gente. te desejo sucesso nessa nova fase da tua vida.

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi oi anjo.
      Realmente é Deus que nos dá forças! ó/
      E chegará seu tempo também e você será um grande vencedor. Gosto de um versículo que é assim:
      "E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo.
      Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte."
      2 Coríntios 12:9,10

      Excluir
  3. Oi amore, tudo joia? <3

    É incrível como Deus sabe o que faz com a gente, né? Eu também moro no interior, só que de MG e aqui além de escola particular só tem uma estadual com Ensino Médio e outra Federal que é ensino médio + técnico e é a escola mais concorrida da cidade, pois pra entrar precisa fazer uma prova. Eu tentei me dar ao máximo pra estudar e quando chega os últimos dias antes da prova sempre bate aquele desespero, né? Também conversei com Deus e pedi pra ele fazer o que achava melhor, e eu passei. Mas da aquele medinho, né? Afinal eu sempre convivi com meus amigos de os 6 anos de idade e agora vou pra uma escola nova que não conheço absolutamente NINGUÉM.
    Vou legal ver como você fez de 2015 um ano maravilhoso, você teve força de vontade, lutou e o mais importante: teve fé e acreditou! Espero que em 2016 venha muito mais conquistas na sua vida, viu? <3

    grande beijo
    http://garota-interior.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo ótimo, graças a Deus e com você?
      Sim o agir de Deus é incriveeeel!
      Que maravilhoso que Deus abriu uma grande porta para você, aproveita essa oportunidade, vai com tudo, o que vem de Deus não é falho, você vai ver que fará novos amigos, talvez possa até passar por dificuldades, mas são elas que te tornam mais forte.
      Você vai longe, basta acreditar!
      Desejo que seu 2016 também seja cheio de conquistas, e depois passa aqui no blog de novo viu, e me conta como foi sua experiencia em uma escola nova e com amigos novos.
      Beijinhos.

      Excluir
  4. Oi flor tudo bem?
    É minha primeira vez aqui e logo de cara me encantei por tudo,pela simplicidade nas palavras.Realmente 2015 foi um ano de muito aprendizado,aprendi tanta coisa que mudou minha vida,e 2016 já começou muito bem.
    Que esse ano seja super maravilhoso pra você,e que venha muitas e muitas conquistas na sua vida <3
    Beijos
    http://nadadecontodefadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem e você?
      Obrigada, e que bom que seu 2015 foi bom que 2016 venha a ser ainda melhor!
      Beijos.

      Excluir
  5. Há vários tipos de pessoas e devemos respeitar isso <3
    Que lindo, amei e amei aqui hahaha parabéns!

    Xoxo :*
    www.isabelamingues.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own flor, que bom, volte sempre, será mais que bem vinda!
      Bjs

      Excluir
  6. Oi minha linda também moro no Es trabalho em vitória não se conhece mais moro na região de Cariacica achei linda a sua história do ano 2015 que 2016 seja melhor ainda Beijos 😘😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii, aiiiiiiiiiiii que tuuudoooo, conheço Cariacica sim. haha'
      Que nosso 2016 seja muito boom. ó/
      Beijos.

      Excluir

Oi, espero que tenha gostado de visitar o blog, não deixe de comentar a sua experiência aqui.
Beijos, e volte mais vezes, será sempre bem vindo (a).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Jayhana De Nardi - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo