12 Cartas em 12 meses #Junho

Olá meus lindos e lindas, como estão?
Visitando alguns blogs achei um desafio muito legal que é 12 Cartas em 12 meses, e como amo escrever aceitei o desafio.
O desafio do mês de Junho é para eu escrever uma carta para a infância.
Dá um play na música abaixo (sim minhas cartinhas tem direito a trilha sonora) e se aventure comigo! 




JUNHO –  UMA CARTA PARA A INFÂNCIA
Playlist: Over The Rainbow – The Piano Guys  



Querida Infância,

Como sinto sua falta, sinto falta dos seus tempos de inocência, dos seus tempos de falta de preocupações, sinto falta dos tempos em que eu não ligava para a opinião alheia.
Quando somos crianças queremos apenas brincar, e brincar, e brincar, não temos que nos preocupar em pagar as contas, não nos preocupamos com o dia de amanhã, não temos sofrimentos de gente adulta. A infância é uma das melhores fases da vida, mas crescer também é necessário, é necessário que amadurecemos, que descobrimos a vida como ela é.
Posso dizer que a minha infância foi maravilhosa, eu subia em árvores, corria pelo sitio das minhas avós, brincava na rua de cama elástica, pique esconde, pique bandeira, adorava brincar de adedonha, andava de bicicleta, tive uma infância excelente, diferente dessas crianças de hoje em dia que acham que diversão é videogame, navegar na internet, jogar no tablet, celular, ipad e tudo mais, não, isso não é diversão, diversão é brincar na lama, tomar banho de chuva e de mangueira, escutar a reclamação da vizinha enjoada, cujo você deixou a bola cair na casa dela, apertar a campainha e sair correndo, diversão é subir em árvores, comer frutas fresquinhas, cair, levantar, correr e cair de novo, isso sim é diversão, e eu graças a Deus tive.
Sim, meu tempo de criança passou, mas isso não quer dizer que hoje com 21 anos eu não possa ter esses tipos de brincadeiras, passamos a maior parte do tempo estressados, na correria, fazendo “coisas de adultos”, mas temos que ter um tempinho de criança, interagir com crianças, porque também é necessário um tempo de descontração.
Que possamos ri, pular, dançar, brincar de pique esconde, pique pega, pois o melhor é ter a inocência e simplicidade de uma criança.




Com carinho,


Uma eterna criança.



Caso queira ler as outras cartinhas é só acessar: 12 Cartas em 12 Meses

2 comentários:

  1. Na minha infância também fiz muita dessas coisas, sabe? Correr, cair, andar de bicicleta, chorar porque a mãe não deixar sair pra brincar com os amigos... Tempo bom que não volta mais!
    Amei sua carta e concordo muito contigo, toda essa tecnologia faz que as crianças de hoje se esqueçam da melhor fase da vida: ser criança!
    Beijãoooooooooo♥

    www.ricknegreiros.com.br

    ResponderExcluir

Oi, espero que tenha gostado de visitar o blog, não deixe de comentar a sua experiência aqui.
Beijos, e volte mais vezes, será sempre bem vindo (a).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Jayhana De Nardi - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo