Especial - Dia Das Mães! ♥

Olá meus lindos e lindas.
Hoje é um dia muito especial, é dia das mães.
Ano passado eu falei um pouco sobre Maria no dia das mães, hoje eu gostaria de aprofundar mais esse assunto.




MARIA, MÃE DE JESUS


No sexto mês Deus enviou o anjo Gabriel a Nazaré, cidade da Galileia, a uma virgem prometida em casamento a certo homem chamado José, descendente de Davi. O nome da virgem era Maria. O anjo, aproximando-se dela, disse: “Alegre-se, agraciada! O Senhor está com você!”
Maria ficou perturbada com essas palavras, pensando no que poderia significar esta saudação. Mas o anjo lhe disse: "Não tenha medo, Maria; você foi agraciada por Deus! Você ficará grávida e dará à luz um filho, e lhe porá o nome de Jesus. Ele será grande e será chamado Filho do Altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi, e ele reinará para sempre sobre o povo de Jacó; seu Reino jamais terá fim."Perguntou Maria ao anjo: “Como acontecerá isso, se sou virgem?” O anjo respondeu: "O Espírito Santo virá sobre você, e o poder do Altíssimo a cobrirá com a sua sombra. Assim, aquele que há de nascer será chamado Santo, Filho de Deus."
Respondeu Maria: “Sou serva do Senhor; que aconteça comigo conforme a tua palavra”. Então o anjo a deixou.                                                                                           
- Lucas 1, 26 - 38

Pelo que podemos vê nesse trecho da Bíblia é que Maria não era uma mulher qualquer, mas sim uma mulher agraciada por ter a honra de gerar o filho de Deus. Ela era virgem, e estava prestes a casar-se com José. Provavelmente era jovem, tinha sonhos, desejos para sua vida, e tenho certeza que gostaria de ter filhos com seu futuro marido. Penso que muitas coisas poderiam se passar na cabeça de Maria, como por exemplo o fato de não querer esse filho, afinal só para começo de conversa, ela não havia se deitado com homem algum, tão pouco com José, seu futuro marido. O que as pessoas pensariam ao vê Maria grávida sem ao menos ter casado? Ou o que José pensaria? Será que imaginaria que era de outro e a deixaria? Bem provável né?
Além disso, será que ela se sentia preparada para ser mãe, e ainda mais mãe do filho de Deus? Não seria esse um compromisso muito importante e talvez o mais difícil?
Mas Maria não se importou com esses detalhes, pelo contrário ela acreditou em Deus, foi uma verdadeira serva do Senhor, e é exatamente ai que vemos que Deus fez uma grande escolha, e a mais certa, escolheu uma mulher maravilhosa para ser mãe de quem hoje chamamos de nosso Salvador.
Mas, acham que essa trajetória foi fácil? 
Por ser José, seu marido, um homem justo, e não querendo expô-la à desonra pública, pretendia anular o casamento secretamente. Mas, depois de ter pensado nisso, apareceu-lhe um anjo do Senhor em sonho e disse: José, filho de Davi, não tema receber Maria como sua esposa, pois o que nela foi gerado procede do Espírito Santo.
Ao acordar, José fez o que o anjo do Senhor lhe tinha ordenado e recebeu Maria como sua esposa.
- Mateus 1, 19 - 21

Ao saber da noticia José quis fugir, afinal não era um filho seu, por que teria a obrigação de cuidar dele? E o que achariam da sua reputação? Mas após ouvir um anjo do Senhor, ele mudou de ideia, e aceitou Maria como sua esposa.
Enquanto estavam lá, chegou o tempo de nascer o bebê, e ela deu à luz o seu primogênito. Envolveu-o em panos e o colocou numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria.
- Lucas 2, 6 - 7

E não acabava por ai, Maria teve que fugir da sua cidade, e como não havia encontrado nenhum lugar para se hospedar, teve que ter seu filho em um estábulo e coloca-lo em uma manjedoura.

E junto à cruz de Jesus estava sua mãe, e a irmã de sua mãe, Maria mulher de Clopas, e Maria Madalena. Ora Jesus, vendo ali sua mãe, e que o discípulo a quem ele amava estava presente, disse a sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho. Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa.                                                                                              - João 19, 25 - 26
E junto à cruz de Jesus estava sua mãe, e a irmã de sua mãe, Maria mulher de Clopas, e Maria Madalena.
Ora Jesus, vendo ali sua mãe, e que o discípulo a quem ele amava estava presente, disse a sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho.
Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa.
João 19:25-27

Maria esteve presente também na morte de seu filho. Ela teve uma conexão muito forte com Jesus, tenho certeza disso, ela o concebeu, cuidou dele, era a mãe dele, claro que sofreu ao vê seu filho morrer, e morrer de uma forma tão drástica.
Eu olho para a história de Maria e tento colocar as milhares de mães do mundo em seu lugar, tento me imaginar em seu lugar. Eu sei que ser mãe é um presente maravilhoso, vê toda uma vida em suas mãos, poder dar amor, carinho, compreensão, educação. Sei também que ser mãe é se preocupar, é estar atenta, é ter medo de qualquer doença ou acidente. É sabendo disso que vejo que Maria foi uma grande mãe, e sei que ela sofreu, que mãe não sofre ao perder um filho?
Claro tem muitas por ai que jogam seus filhos nos lixo, os abandonam, matam, e fazem infinitas coisas desprezíveis, mas nem sei se podemos considera-las mães.
Gostaria de desejar um Feliz Dia Das Mães a todas as mães, aquelas que são mães solteiras, mas nem por isso abandonaram seus filhos, aquelas que não puderam ter filhos, mas nem por isso perdeu a oportunidade de adotar um e cuidar como se tivesse saído de seu ventre, aquelas que infelizmente perderam seus bem mais preciosos, e aquelas que lutam todos os dias por seus filhos que estão perdidos no mundo, aquelas mães que podem cuidar de seus filhos ao lado de seu marido, as mães que são avós, as avós que são mães duas vezes, a todas as mães do mundo, desejo muitas felicidades, muita saúde, paz, paciência, e perseverança.
E por fim, e não menos importante desejo um Feliz Dia Das Mães a minha mãe querida.


, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré,
A uma virgem desposada com um homem, cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria.
E, entrando o anjo aonde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres.
E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras, e considerava que saudação seria esta.
Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus.
E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus.
Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai;
E reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim.
Lucas 1:26-3

6 comentários:

  1. Feliz dias das mães Jayhana! Adorei as fotos e a historia :3
    Beijas,
    Mundo perdido da Carol
    Fan Page
    Instagram

    ResponderExcluir
  2. oi, oi.

    ain, que post mais lindo. <3

    sinceramente, tu foi uma das poucas pessoas evangélicas que falou tão bem de Maria. infelizmente, muita gente tenta tratar ela como uma mulher qualquer e bla bla bla. ao meu ver, uma pessoa que renuncia o seu futuro, com certeza não é qualquer.

    e que foto linda no fim do post. amei! <3 bjos pra ti, viu?! hahaha.

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own, eu tenho um carinho muito grande por Maria, e acho que todos deveriam ter. Esse carinho de forma alguma é uma "veneração", se for levar isso ao pé da letra, tem um monte de evangélicos que tem um carinho tão profundo por tantos cantores e pastores que se isso não for um tipo de veneração não sei o que é então.
      Maria foi uma mulher importante na Bíblia, acho errado tratar ela como se fosse uma pessoa qualquer, ela foi mãe de Jesus, não foi atoa que Deus escolheu ela. ><

      Obrigada por tudo Dri, adoro quando marca presença aqui, Bjs.

      Excluir
  3. Muito bacana o post Jhay,
    realmente Maria teve um papel essencial na vida de Jesus, ela foi a escolhida e não foi por acaso, acho que pouquíssimas pessoas passaria por tudo que ela passou!

    beijos

    http://www.feminicescorderosa.com/

    ResponderExcluir

Oi, espero que tenha gostado de visitar o blog, não deixe de comentar a sua experiência aqui.
Beijos, e volte mais vezes, será sempre bem vindo (a).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Jayhana De Nardi - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo